Montesquieu

Introd., tra­du­ção e notas de Miguel Morgado, Lisbonne, Edições 70, 2011.